PM é chamada para atender briga de casal

Por Redação FMTLnews 28/09/2020 - 08:32 hs

 A solicitante narrou que, por volta das 18h15min estava conversando com um amigo, de frente com a residência de seu irmão quando, por motivos não declarados, o autor se aproximou e passou a injuria-la  com palavras do tipo: vagabunda; biscate; bucho quebrado e vaca parideira. A solicitante acrescentou que, após as agressões verbais,  o autor deslocou da residência onde a vitima  se encontrava e distante cerca de 20 metros do local,  passou a arremessar blocos e garrafas. A solicitante afirma que revidou a todas as agressões verbais, bem como retribuiu na mesma proporção os arremessos de  blocos e garrafas. A solicitante mencionou  que durante a troca de arremesso de objetos, sofreu uma pequena lesão (escoriação) no braço esquerdo, mas  não soube descrever que tipo de artefato a atingiu. Pelo local, o autor declarou que o motivo envolvia certa quantidade em dinheiro que deveria repassar para uma terceira pessoa conhecida pelo alcunha Tião, porem, antes do início da transição dos valores, a solicitante passou a dizer  que aqueles valores deveria ser repassados para ela, a mando do credor (Tião) e, diante da insistência da solicitante, os ânimos se alteraram e esta passou a arremessar objetos na tentativa de atingir o autor que, em ação mútua, passou a  revidar o ataque. Diante dos fatos, o autor foi encaminha e apresentado junto ao plantão DEPAC, sob o desejo da solicitante em representar criminalmente contra o conduzido.